MILITEC-1: A chance de verificar se funciona mesmo…

Esse é o Opala com motor Chevrolet V8 383 cid. O cliente retornou com um barulho no motor e, ao medirmos o nível do óleo no cárter, constatamos que estava praticamente sem óleo. Esgotamos e aferimos o volume correto: 2 litros de óleo em um sistema que opera com 6! Alguma coisa bateu na parte inferior do cárter causando um vazamento e o motor rodou bastante com esse nível baixo de óleo. Como em todos que fazemos, adicionamos MILITEC-1 também neste 383. Agora vamos desmontar e verificar a eficiência deste aditivo que elimina o atrito. Postarei as novidades durante a semana… Valeu!

Aqui está o famoso 383 pronto para a desmontagem. O ruído que o motor fazia funcionando era típico de mancais com folga, mas vamos nos atentar para todos os componentes durante a desmontagem.

O primeiro sinal de falta de lubrificação apareceu na primeira biela desmontada e seguiu por todas as outras, umas com mais desgastes que as outras, mas todas apresentaram o problema. Mesmo assim, aparentemente não houve dano ao virabrequim:

Claro que vão ser feitas medições na retífica para verificar se não houve desgaste demasiado, mas aparentemente o virabrequim precisa só de um polimento.

Agora veja como estava a bronzina do primeiro mancal:

Com muito desgaste, tanto na bronzina quanto no virabrequim que certamente vai mudar de medida, mas mesmo assim não era esse mancal que apresentava o ruído. Veja onde o problema maior estava situado…

No quarto mancal, as bronzinas estavam virando juntas com o virabrequim, ou seja, se não fosse o Militec-1 provavelmente teriam fundido e o cliente certamente perderia este motor. Veja outra foto das bronzinas mais de perto…

Conforme as bielas giravam junto com o vira, a lubrificação deste colo só acontecia quando o furo da bronzina inferior (da esquerda) se alinhava com o da lubrificação no bloco, ou seja, praticamente não havia lubrificação. Isso vinha ocorrendo já há algum tempo e em regime alto de RPM. Veja como o mancal ficou…

Essa mancha escura se deve ao superaquecimento pelo qual a peça passou. Parece quando você solda uma peça e ela fica mais escura devido a caloria do processo de fundição da peça.

Agora os mancais terão que ser alinhados novamente (mandrilhados), o virabrequim retificado nos mancais e polido nas bielas, os cabeçotes plainados e, depois de tudo isso, o motor poderá ser montado novamente com um novo jogo de juntas.

CONCLUSÃO: O MILITEC-1 FUNCIONA MESMO, POIS SEM ELE ESTE MOTOR TERIA SOFRIDO DANOS IRREPARÁVEIS E O PREJUÍZO SERIA BEM MAIOR. UTILIZO E VOU CONTINUAR A UTILIZAR O MILITEC-1.

Valeu!

Luciano M C Miozzo.

ACESSE TODAS AS FOTOS DESTE POST CLICANDO AQUI!

1 thought on “MILITEC-1: A chance de verificar se funciona mesmo…

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *